Teoria das Restrições para Resolver Conflitos no Mundo Real?

Autor: Larry Leach, PMP
Tradução: Adail Muniz Retamal

A Teoria das Restrições oferece, acima de tudo, "Soluções simples para problemas complexos". Inicialmente, a TOC trabalhou para descobrir e corrigir o Problema Principal, uma causa comum de muitos dos problemas no sistema. Agora, os Processos de Raciocínio da TOC levam diretamente ao conflito principal. O conflito principal é a causa do problema principal.

Eli Goldratt é um físico lógico e costuma colocar as coisas em termos científicos. "Veja", ele diz, "quando os cientistas vêm coisas no mundo material que conflitam, eles sabem que alguém fez uma suposição errada. Eles sabem disso porque sua PRIMEIRA suposição é que o mundo material não pode estar em conflito. Pode haver somente uma resposta." (Embora ele não tenha discutido este exemplo, esta é a razão pela qual a mecânica quântica causou tanto tumulto entre os cientistas. Ela realmente permitiu que um gato (figurativamente) pudesse estar vivo e morto ao mesmo tempo; um conflito. Não estou certo se eles resolveram este conflito ainda. Ele fez Einstein dizer: "Deus não joga dados com o Universo.")

Goldratt traz seu pensamento à terra para o não-cientista. Suponha, ele disse, que medimos a altura de um edifício. Obtemos duas respostas: 5 metros e 20 metros. Será que nós dizemos: "Ah, um conflito no mundo. Não podemos resolvê-lo. Vamos chegar a um acordo em 12,5 metros." Não. Nós sabemos que algo saiu errado com uma das medidas. Em algum lugar, uma suposição está distorcida. Há apenas uma resposta para a altura do edifício, no mundo material. (Para os estatísticos, os quais ele também conhece bem, ele complementa, como faria Dr. Deming: "Bom, nós nunca poderemos saber a altura exata. Apenas a resposta a algum sistema de medição e precisão. Mas nós sabemos que deve haver uma resposta que seja acordada entre dispositivos, ou um dos dispositivos possui alguma coisa errada. Uma suposição errada.")

Isto é, no mundo material, não pode haver conflitos. Se nós virmos um aparente conflito, sabemos que precisamos descobrir qual suposição (ou talvez ambas) está errada. Esta é a única visão. Todos os cientistas aceitam esta visão.

Então, numa progressão crescente, "Então POR QUE, NO MUNDO REAL, NÓS FAZEMOS EXATAMENTE A SUPOSIÇÃO OPOSTA? POR QUE NÓS ASSUMIMOS QUE O CONFLITO É REAL E QUE NOSSAS SUPOSIÇÕES ESTÃO CERTAS?" Mais calmo: "Por que nós não fazemos como os cientistas, isto é, assumir que o conflito não pode existir no mundo real? Por que não trabalhamos juntos para verificar nossas suposições, até descobrirmos o que está errado com elas?"

[Agora, eu sei que esta é, por si mesma, uma teoria e, na realidade, muitos cientistas tendem a gastar seu tempo defendendo sua teoria, em vez de trabalhar para refutá-la, como um verdadeiro cientista faria. A Ciência poderia avançar ainda mais rápido se o caso não fosse esse.]

A implicação disso é estonteante. Não há ganha-perde no mundo real. Também não pode haver realidade conflitante no mundo real. Apenas suposições erradas. Como os cientistas trabalhando com o mundo material, é sempre nossa função descobrir quais são essas suposições erradas. Quando as corrigirmos, o aparente conflito evapora, como uma nuvem.

Isto é exatamente o que ele tem nos dito, tentando nos ajudar a entender.

Descobrir as suposições erradas nem sempre é fácil. Ele nos diz que o "Problema Principal" é raramente aparente. Porém, ele tem concebido e nos dado ferramentas para encontrar os Problemas Principais e as suposições erradas. Os cinco passos de focalização, os Processos de Raciocínio e a Evaporação de Nuvem. Muitos dos sucessos reportados por seus praticantes são baseados na descoberta dessas suposições erradas e na correção delas.

Cada aparente conflito no mundo deriva deste único ponto: as pessoas naturalmente assumem que o conflito é real. Guerras são travadas porque as pessoas fizeram as suposições erradas. Elas assumiram que seus aparentes conflitos são reais. Elas assumiram que não poderiam resolver o conflito e prosseguiram para espalhar o caos no mundo.

Se você começar pela ÚNICA suposição de que um aparente conflito NÃO PODE SER REAL NESTE MUNDO, e souber que nós apenas precisamos descobrir as suposições erradas que estão fazendo com que o mundo real possua um conflito, TUDO muda. TUDO.

A solução mais simples de todas. Para o maior problema de todos.